Reflexos – parte vi

Parte I
Parte II
Parte III
Parte IV
Parte V

VI

Quereria ser um poeta maldito
Mas não sei se tenho tal propriedade.
Afinal, minha integridade,
Não sei se vai a tanto caro senhor.

Veja à ti:
Só vive da caridade
Daqueles que em verdade
Estão dispostos a dar-lhe sem temor.

Veja Satã:
Este é o meu louvor:
Quereria que me fosse espelho
Tua glória e teu horror.


Parte VII
Parte VIII
Parte IX
Parte X
Parte XI
Partes XII e XIII (final)

Autor: | 1.314 visualizações
Data: segunda-feira, 25. janeiro 2010 11:02
Trackback: Trackback-URL Categoria: Considerações

Feed para a postagem RSS 2.0 Comentar esta postagem

Enviar comentário

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline