{Po(v)e(r)t[r]y} Pega de passagem

Pega de passagem
Ou joga na lavagem
Essa carta que te envio
Assim como desafio.

Te escrevi por pura bobagem
E rápido te digo: “Sacanagem!
Seja feita tua vontade
Assim na terra como no inferno!”
Por isso me aqueça de verdade
Ou vá passear pelo caderno.

Pega de verdade
Ou rasga com vontade!
Se chorar não será nada,
Se ler não ficará envergonhada

Por essa carta de passagem
Escrita na lavagem!

Por isso rasga de verdade
Ou larga com vontade
Essa carta de bobagem
Cheia de sacanagem!

Por isso bebe essa lavagem
Ou faça antes viagem
Que te chegue essa surubagem
Escrita por malandragem.

Por isso pega de uma vez
Ou deixa o veneno penetrar-lhe a tez!

Autor: | 663 visualizações
Data: sábado, 3. janeiro 2009 2:10
Trackback: Trackback-URL Categoria: Poesias Ruins {Po(v)e(r)t[r]y}, Separação: Dores de parto e outras dores

Feed para a postagem RSS 2.0 Comentar esta postagem

Enviar comentário

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline