Brincar de ânsia

Já brincaram de ânsia alguma vez?
Eu o tenho feito a vida toda!
Tanto que se tornou brincadeira boba
Para minha pessoa em sua eterna insensatez!

Sabem, era hórrido (bem, ainda é),
Porém acostuma-se a frustrar-se.
No fim consolo é que estamos mesmo fadados aos vermes
Que estão à regozijar-se…

E então o que?

Num dia, numa noite, num sonho
O destino acorda risonho
E te dá o néctar dos deuses!
E tu bebes, te embriagas!
E no meio da bebedeira
Tu sentes a vida correr-te pelas veias!

Parece que quebraste as teias e os círculos
      Da sorte!
Quebraste o tear das Parcas!
      A vida é um céu!

Cada detalhe da felicidade tu marcas
Em cada árvore da imaginação!
És agora um menino, estilete à mão, apaixonado!
És agora um homem, sorrisos e lágrimas em profusão, enfim libertado!
Depois de séculos de prisão!

Então, gira a roda da fortuna:
Bem vindo ao mundo!
Bem vindo à frustração!

Tags » , «

Autor: | 651 visualizações
Data: quarta-feira, 14. julho 2010 14:00
Trackback: Trackback-URL Categoria: Separação: Dores de parto e outras dores

Feed para a postagem RSS 2.0 Comentar esta postagem

Enviar comentário

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline