Eu sei que de todos os dias

Eu sei que de todos os dias,
Da tua gestação foram os que o Criador mais cuidou.

Esmerar-se em ti seria o mínimo para Deuses:
Pele de seda, olhos de mel,
Corpo onde se figura toda a beleza que já se desenhou.

Eu sei que, de todas as formas,
Da tua é que um Anjo se adornou.

Adornar-se de ti seria o mínimo para Anjos:
Alma de cristal, coração de luz,
Asas que abraçam tudo que já se sonhou.

Eu sei que, de todas as pessoas,
Da tua é que meu Coração se apaixonou.

Apaixonar-se por ti seria o mínimo para Corações:
Gentil como a brisa, carinhosa como a relva,
Abrigo único e meu inestimável amor.

Tags » , «

Autor: | 889 visualizações
Data: sábado, 10. outubro 2009 16:00
Trackback: Trackback-URL Categoria: Suave coisa, suave coisa nenhuma

Feed para a postagem RSS 2.0 Comentar esta postagem

1 Comentário

  1. 1

    Essa é umas das poesias que eu mais gosto!! rs

Enviar comentário

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline